Epidemic Linux 1.0

No dia 02 de março de 2007, foi lançado oficialmente o Epidemic GNU/Linux 1.0

Uma distribuição linux brasileira baseada diretamente no Projeto Debian Etch, que possui muitas características singulares, dentre as quais se destaca um instalador próprio (Epidemic-Installer) extremamente rápido e fácil de usar, escrito em C/C++ com a utilização das bibliotecas gráficas QT e KDE.
Maiores informações sobre o Epidemic Linux podem ser encontradas no site oficial do projeto, http://www.epidemiclinux.org/

6 comentários: (+add yours?)

Anônimo disse...

Temos algumas coisas em comum: idade, Iron, Gladiador, Linux.

;-) by Venturab

Ed disse...

Mais um adorador do Linux!?
Mas apesar de saber que o linux é de graça vc entente porque a maioria da pessoas prefere WP (windows pirata)?

REIVERSURI disse...

Porque é o SO mais popular e que a Microsoft, em um ato de estratégia, até permitiu esta pirataria pois ela ganha mais com os suporte e vendas para empresas.
As empresas não precisam quase que formar alguém em informática pois quase tods conhecem o Word, Excell, etc. Puro marketing.
Eu não tenho WP.

Ygor Aragão disse...

Reiver Suri

So tenho a agradecer seu comentário em meu humilde blog e pretendo fazer dele um blog atrativo para tudo e todos.

Curtir o seu blog. Achei muito inteligente e explicativo

Lhe desejo sucesso para você e todos nós!!!

http://movimentoblogueiro.blogspot.com/

Leo Baiano disse...

Meu comentário não é especificamente sobre o post, desculpa, mas é que gostaria de saber como resolver uma questão: Gosto do Linux por uma questão ideológica e não técnica. Talvez não técnica porque uso bem pouco. O problema é o seguinte, tenho familia que usa windows, eu sei um dual bot resolveria, mas é viável fazer isso? No trabalho as máquinas rodam windows, diminuiria minha produtividade se deixasse de fazer algumas atividades em casa para passar via VPN para o trabalho e poder continuar o trabalho lá...

Bom sendo direto, em um mundo windows como fazer a conversão para linux de forma a não enfrentar problemas de incompatibilidade?

REIVERSURI disse...

Leo (nome do meu filho),
Em casa eu também tenho o Windows em dual boot com o Linux pois necessito de alguns programas especificos e que foram criados para a SO Windows.
Acredito que não devemos radicalizar e falar que só usa Linux, tem muitas coisas ruins no Windows mas também existe as boas.
Devemos olhar para as qualidades também e nãp ver só defeitos, dessa forma podemos tirar proveitos.
Acredito que a forma mais limpa e sem radicalizar e fazer o dual boot e começar aos poucos a dominar os sistemas.

Abraços
Versuri

Postar um comentário